O que são famílias olfativas?

Perfumaria não é um conhecimento muito centralizado. Se você quer estudar gramática, já sabe a quem recorrer — pessoas se reuniram e chegaram a acordos sobre regras e como as coisas se conectam. Cada casa de fragrância, empresas gigantes que produzem matérias primas, criam fragrâncias e aromas (para a alimentos), usa seu próprio sistema para classificar perfumes.

Do lado do apreciador, que quer conhecer por gosto, não são muitas as oportunidades para se apropriar desse conhecimento para organizar os pedaços de informação que encontramos na internet. Quem quer entender um pouco tem muita sorte que existe o Michael Edwards. Ele chamou para si a responsabilidade de registrar e classificar todos os lançamentos anualmente, num livro, com o sistema que criou, chamado Fragrance Wheel. Quando começou, em 1984, foram 38 lançamentos. Em 2014, mais de 1400, cerca de 117 por mês — entendeu o tamanho da encrenca?

Essa classificação nasceu para a cadeia de lojas Nordstrom, com a intenção de facilitar o trabalho do vendedor. O cliente chega e pede um perfume. O vendedor pergunta quais ele já usa e procura o perfume no livro. E indica outros da mesma família. Dentro da mesma famílias estão perfumes que seguem o mesmo estilo. Ou seja, sendo parecidos, mais chance de acertar na venda.

O que acho mais interessante é que Michael Edwards procura o perfumista para classificar em acordo com ele, quando possível, o que nos dá também uma noção da intenção do criador. Como se não bastasse, ele é generoso/nada bobo, e autoriza que se use o sistema dele, desde que forneça o crédito. É esta classificação que orienta o percurso no curso sobre famílias olfativas do 1 nariz.

Toda essa riqueza de informação está online e não é pena nenhuma dar uma olhada no site. É possível acessar a exaustiva classificação do livro — por família olfativa, característica secundária, tipo de lançamento, casa, ano, … — num teste grátis. Pessoalmente gosto muito da página com 100 questões sobre perfumaria. A Fragrance Wheel não é um sistema perfeito, consultando-o é possível questionar um monte de coisa. Mas se queremos uma referência comum para nos comunicar, não conheço nenhuma melhor. http://www.fragrancesoftheworld.com/

 

  • Ubiratan

    Sempre aprimorando o nariz contigo, meu caro. Que confusão, ein? O buraco é beem mais embaixo. Fico a comparar com o que escutamos quando vamos a um balcão de uma loja de perfume e ouvir o que os vendedores dizem….Gratidão por mais estas orientações!

  • Juliana Santos

    Dênis, parabéns pelo seu site! Agora que eu comecei a me aventurar pelo mundo da perfumaria, e este foi um dos primeiros sites que encontrei um material bem escrito, alegre e fácil de entender! Sem contar o nome, q eu adoro, 1 nariz, não poderia ser melhor.
    Obrigada por compartilhar seu conhecimento conosco! 🙂

    • Juliana, seja bem vinda, fique a vontade — espero que consiga te fisgar pra esse assunto incrível.