Galeria de fotos dos cursos do 1 nariz

Para dar um gostinho de como é o clima nos cursos, fiz uma galeria com imagens de todas as edições. As mais recentes estão na parte de cima da lista, é só clicar que as fotos aumentam. Vou atualizando a medida que os cursos aconteçam.

Se você quer saber em primeira mão assim que novas datas forem marcadas, inscreva seu e-mail na caixa abaixo. É uma lista só para avisar sobre cursos. Quem faz parte dela pode se inscrever uma semana antes de todo mundo.


 


 

 

 

  • Marcia Zaros

    adoro seus textos, Dênis, e acompanho sempre que posso….estou em outra ponta do iceberg da perfumaria,rs,rs,rs…só entendo de óleo essencial(faço extrações) ..mas sei que a perfumaria industrial usa pouquíssimo se é que usa(eu particularmente acredito que não usa de jeito nenhum), ela usa mesmo os sintéticos..nesta praia vetiver é vetiverol entre outros similares e por aí vai…. mas só dei essa introdução para lhe perguntar uma coisa(dentro da perfumaria de nicho): você acredita ser possível um perfume botânico sem parabenos, sintéticos etc…e que ainda tenha boa fixação?

    • Marcia, que demais seu trabalho, tenho certeza que vc conhece muito do assunto. Acho possível, sim. Algumas matérias primas naturais duram longamente, como as resinas, madeiras, as notas de origem animal. Já delimitam o campo do perfume, mas é possível.

      • Marcia Zaros

        Obrigada Dênis por me responder….a minha saga agora é criar um perfume botânico masculino e meu incentivo vem do fato de meu folho mais velho ser alérgico a perfumes e desodorantes artificiais….já quanto aos óleos essenciais e extratos ele se dá muito bem……já te adiantei que minha praia é extrair os óleos, cultivar as espécimes, rendimento composição química e por aí vai….mas a parte ‘artística” da coisa (combinação de notas entre outras coisas) ainda tenho muito chão pela frente…..mas não vou desistir até conseguir….começei a idealizar o perfume para meu filho com base em aromas que ele gosta e aí vou dando uns toques…ainda faltam muitos outros ingredientes….mas tenho dúvida se estou no caminho certo..não quero criar um Frankstain aromático rs,rs,rs…o que acha desses elementos que já coloquei na paleta: manjericão,cardamomo,vetiver,patchouli,pimenta rosa, palmarosa, e por aí vai…ou ainda vou rs,rs,rs…

        • Marcia, gosto de tudo que vc listou — individualmente são lindos, em composição também. Vai experimentando devagar com as proporções, tomando nota e mantendo controle da fórmula que vc vai chegar lá. Confia no seu nariz 😉 Parabéns pela iniciativa, não é todo mundo que tem paciência para aprender na unha.

          • Marcia Zaros

            Sim, Dênis é um caminho muito mais difícil ainda, mas eu nem consigo pensar em desistir….virou uma paixão incontrolável rs,rs,rs….vou morrer de velha fazendo isso …é como o ar que eu preciso respirar…. Vai demorar ainda uns bons meses pra eu terminar o perfume botânico para o meu filho…a coisa é do zero 100 % mesmo(vou te presentear com uma amostra, se quiser é claro,rs,rs,rs) ….aprender na unha é mesmo muito mais difícil e demorado…mas eu me realizo assim…acho que entrar em um laboratório gelado e cheio de propileno sem poder ligar meu extrator, ascender o fogo, colher as ervas, olhar para o vale….não me inspiraria de jeito nenhum…sei lá…acho que eu sou bicho da mata mesmo kkkkk Obrigada mais uma vez por suas sábias palavras. Você já sabe, que sou cada vez mais sua fã e conhecer seu trabalho ainda que virtualmente foi de suma importância para mim….

            Em 27 de abril de 2016 14:10, Disqus escreveu:

  • Marcia Zaros

    ah, esqueci, talvez uma bergamota para abrir….será que combina com os outros ingredientes?